sábado, 18 de junho de 2011

sexta-feira, 17 de junho de 2011

20 dicas para eliminar o estresse

Post de hoje do blog Automatizando (http://blog.automatizando.com.br) achei muito bom e resolvi compartilhar

20 dicas para eliminar o stress da sua vida

Existem várias formas de descomprimir e relaxar depois de um dia particularmente agitado e estressante, mas o mais certo é que o dia seguinte trará mais do mesmo. Daí a importância de perceber a raiz de todo esse stress e eliminá-lo de uma vez por todas!

Uma revisão cuidadosa da sua vida, juntamente com a alteração de alguns hábitos, pode eliminar grande parte das fontes de stress no seu cotidiano. Sejamos realistas, uma vida sem stress não é possível. O stress é uma resposta natural aos desafios da vida e uma vida sem desafios seria muito entediante. No entanto, grande parte do stress que existe nas nossas vidas é completamente desnecessário e pode ser facilmente eliminado graças a alguns passos simples (e outros não tão simples quanto isso, mas vamos chegar lá). Claro que isto não pode ser concretizado da noite para o dia, mas é algo em que vale a pena investir.

Antes de mais nada, vamos refletir sobre o seguinte exemplo – é um pouco exagerado, mas exemplifica as fontes de stress mais típicas nas vidas das pessoas do século XXI.

Miguel levanta-se de manhã, atrasado e tem de correr para se arrumar e sair de casa: corta-se ao fazer a barba, derrama o copo de café que bebeu às pressas na camisa e tem que mudar de roupa. Sai de casa correndo, volta para trás correndo porque se esqueceu da carteira. Chega ao carro e percebe que também esqueceu as chaves, volta novamente pra casa. Finalmente na estrada, mais atrasado do que nunca e no meio de um trânsito infernal, começa a ficar irritado depois de ter sido ultrapassado e começa a buzinar e a lembrar as mães de todos os outros condutores. Chega ao escritório tarde e muito mal disposto. Fala torto para todos e está de cara amarrada toda a manhã. O fato de sua mesa estar coberta de papéis, você não conseguir encontrar o relatório que precisa entregar logo cedo e uma caixa de e-mail com 200 mensagens para responder também não ajuda. Além disso, sabe que tem dois projetos que estão super atrasados e que o seu diretor está ainda menos contente. Tem de terminar 5 tarefas antes da reunião do meio-dia e depois vai passar a tarde toda em mais e mais reuniões.

Já pentenderam a ideia certo? O dia do Miguel foi péssimo e de volta para casa, teve a companhia de um enorme engarrafamento. Chega tarde, exausto, completamente estressado e com o pensamento no trabalho que deixou por fazer, nos e-mails que não conseguiu ler e nas tarefas acumuladas que o esperam amanhã. A casa está uma confusão e ele começa a resmungar com os filhos que não arrumaram os brinquedos como deve ser. Come uma refeição rápida e gordurosa em frente à televisão, abre o notebook para adiantar algumas coisas do dia seguinte e acaba pegando no sono.

OK, sabemos que este cenário é exagerado (ou não?), mas a verdade é que em alguns desses pontos você deve ter se identificado! E além das várias fontes de stress que tornaram o dia de Miguel um dia para se esquecer, existem muitos outros fatores que poderão estressa-lo após o trabalho e todos vocês sabem quais são.

A lição mais importante a retirar de toda esta história é que, com um pouco de reflexão, estas fontes de stress podem ser eliminadas. Veja como:

1 - Identifique as suas fontes de stress. De todos, este é o passo mais importante. Ser capaz de identificar as suas fontes de stress é o primeiro passo para poder eliminá-las efetivamente. Pare para pensar 5 ou 10 minutos sobre as coisas que tornam os seus dias e as suas semanas mais estressantes. Quais são as pessoas, as atividades, as tarefas ou as coisas que considera serem a raiz de todo o seu stress. Elabore uma lista das top 10 e veja o que pode ser eliminado de imediato. Para aquelas que não têm uma solução definitiva, procure formas de as atenuar, tornando-as menos stressantes.
2- Elimine obrigações desnecessárias. A nossa vida está cheia de obrigações, começando com as profissionais e passando pelas familiares, as cívicas, as tarefas domésticas e aquelas ligadas a instituições, associações ou religião; terminando nos passatempos, atividades esportivas, culturais e online, entre muitas outras. Pese cada uma individualmente: a quantidade de stress que produzem versus o prazer que retira de cada uma. Seja radical e faça o que tiver de fazer para eliminar aquelas que lhe proporcionam mais stress do que prazer.
3 - Procrastinação. Deixar para amanhã aquilo que pode ser feito hoje – todos fazemos isto! Só que, deixar que os afazeres da sua vida se amontoem também gera stress. Desenvolva o hábito de “fazer agora” ou “tratar imediatamente” e mantenha tudo sobre controle e em dia, assim ao terminar você terá um tempo de descanso ao invés de uma lista de tarefas a cumprir.
4- Desorganização. Todos temos uma pontinha de desorganização dentro de nós. Mesmo que tenhamos desenvolvido e executado um sistema de organização perfeito para isto ou para aquilo, a ordem natural das coisas é, mais cedo ou mais tarde, o desleixe que, se não for travado a tempo, pode tornar-se caótico. E a desorganização também é estressante – visualmente é horrível e se nos impede de encontrar as coisas que necessitamos, pior ainda! Reserve um tempinho para se organizar: comece com o escritório e os mil e um papéis que crescem sem parar, passando progressivamente para as restantes divisões da casa e da sua vida.
5 - Atrasado. Estar atrasado estressa qualquer um. Temos de correr para nos vestirmos, correr para chegar ao local onde já devíamos estar, enfim, nos estressamos durante todo o processo de estar atrasado. Aprenda a chegar cedo, faça deste um novo hábito e vai ver como se livra desse maldito stress! Faça um esforço consciente para chegar sempre cedo, assim também poderá sair mais cedo. Um resultado direto deste esforço é que o transito vai ser muito menos estressante. Cronometre o tempo que demora ao levantar-se, sair de casa e chegar no trabalho, por exemplo… as vezes é até mais rápido do que você pensa, não? Uma vez familiarizado com os seus “tempos”, basta começar 10 minutos mais cedo, para chegar com 10 minutos de antecedência, calmo e sem stress… é uma sensação fantástica!
6 - Controlador. Embora gostaríamos de ser, não somos o “Mestre do Universo”. Tentar controlar tudo e todos não funciona, mas tentamos fazer isso mesmo assim e quando verificamos que, de fato, não gera resultados, os nossos níveis de ansiedade sobem rapidamente. É importante aprender a deixar as coisas fluírem naturalmente, respeitar a forma como as outras pessoas fazem as coisas, aceitar o desfecho das diferentes situações que povoam a nossa existência. A única coisa que você realmente pode controlar é a si próprio – aperfeiçoe isso antes de tentar controlar o resto do mundo. Além disso, aprenda a delegar algumas tarefas. Deixar de tentar controlar as pessoas e as situações que nos rodeiam, é um passo importante para uma vida sem stress.
7 - Múltiplas tarefas. Executar, em simultâneo, múltiplas tarefas pode parecer produtivo, mas na realidade torna-nos mais lentos na medida em que não conseguimos concentrar-nos o suficiente numa só tarefa para poder conclui-la. Entretanto, ficamos estressados. Faça apenas uma coisa de cada vez. Aprenda a Planejar as suas tarefas.
8 - Elimine os “suga-energias”. Se já parou para analisar a sua vida (passo 1) e identificou as suas maiores fontes de stress, provavelmente também descobriu algumas coisas que sugam a sua preciosa energia. Existem certas coisas na vida que são mais exaustivas que outras e com a desvantagem que não têm qualquer valor acrescentado. Saiba quais são e faça um delete permanente. O resultado? Mais energia, menos stress, mais felicidade.
9 - Evite as pessoas difíceis. Você sabe exatamente quem são. Sim, diretores, colegas de trabalho, clientes, vizinhos, até alguns amigos e familiares – aquelas pessoas que tornam a sua vida mais complicada. Por outro lado, você pode sempre confrontá-los e discutir as suas desavenças, mas isso seria ainda mais stressante. O mais fácil é simplesmente (e na medida do possível) cortar relações.
10 - Simplifique a sua vida. Tornar mais simples as suas tarefas diárias, as suas obrigações, a quantidade de informação que registra, a sua casa e muitas outras coisas que preenchem a sua vida implicará uma redução significativa no seu nível de stress.
11 - Libertar a agenda. Crie mais tempo livre na sua vida. Não é crucial que agende e programa cada minuto da sua existência! Aprenda a evitar reuniões e a agrupar tarefas num só bloco de tempo. Quando alguém lhe pede para agendar uma reunião, tente primeiro resolver o assunto pelo telefone ou por e-mail. Vai adorar ter uma agenda mais vazia.
12 - Mais devagar. Em vez passar pela vida correndo, aprenda a desacelerar, a fazer as coisas mais devagar. Saboreie a comida, desfrute da companhia das pessoas à sua volta, entregue-se ao prazer da natureza e da vida ao ar livre. Só esta dica pode livrar-lhe de toneladas de stress.
13 - Ajude os outros. Pode parecer contraditório acrescentar mais tarefas a uma vida já por si muito ocupada, mas se puder adicionar alguma coisa, então seria isto. Ajudar outras pessoas – seja através de voluntariado numa instituição de solidariedade social ou simplesmente ser simpático e afável para com as pessoas da sua vida, conhecidos e desconhecidos – vai trazer-lhe não só sensação de bem-estar, mas contribuir para a redução dos seus níveis de stress. Claro que não vai funcionar se tentar controlar essas pessoas ou se essa ajuda se manifestar de uma forma apressada e a “despachar”. Aprenda a relaxar, a deixar as coisas acontecerem e a tirar prazer de ajudar os outros.
14 - Relaxe ao longo do dia. É importante que ao longo do dia, principalmente no trabalho, faça pequenas pausas. Durante alguns minutos, pare tudo e massajeie os seus ombros, pescoço, cabeça, braços ou mãos; levante-se, estique as pernas ou espreguice-se; dê uma pequena caminhada; beba água. Se puder, vá até lá fora, respire ar fresco e contemple o céu. Fale com uma pessoa que você goste. A vida não se resume apenas a níveis de produtividade. As pausas de muitas pessoas são feitas a navegar online – para relaxar completamente, fuja do computador sempre que possível.
15 - Despeça-se. Esta dica é muito drástica, talvez até demais para a maioria das pessoas. No entanto, o trabalho é, para muitos, a sua maior fonte de stress. Livrar-se do horário de expediente e procurar aquele emprego que realmente adora, permitirá a você criar um estilo de vida positivo e anti-stress. Antes de colocar esta ideia completamente de lado, considere todas as suas vantagens.
16 - Simplifique a sua lista de afazeres. Todos temos uma lista de afazeres que, a cada dia que passa, parece crescer em vez de diminuir, assim como o nosso stress por não conseguirmos começar a riscar itens dessa lista, assinalando-os como concluídos! Agrupe ou delegue tarefas, de forma a simplificar essa lista, reduzindo-a para incluir apenas as empreitadas essenciais. A partir daí, o processo será mais fácil e a satisfação retirada do mesmo, maior.
17 - Exercício físico. No que toca a aliviar stress, esta dica é senso comum porque… funciona! Além de aliviar, praticar exercício físico também é uma excelente maneira de prevenir-se contra o stress, uma vez que lhe proporciona algum tempo de qualidade sozinho, perfeito para relaxar, para contemplar, para esquecer e, ainda por cima, para se manter em forma! As pessoas que estão em forma têm uma maior capacidade de lidar com o stress. O reverso também é verdade: o fato de não estar em forma ou de viver uma vida pouco saudável pode ser, em si, uma fonte de stress.
18 - Alimentação saudável. Obviamente. De mãos dadas com o exercício físico, também uma alimentação saudável e equilibrada é uma excelente forma de expulsar o stress, evitando que ele volte a aparecer. A velha máxima “nós somos o que comemos” nunca foi tão verdade!
19 - Seja agradecido. Ter e manter uma atitude onde agradece as coisas boas da vida, pensa de forma positiva e põe de lado toda a negatividade, é uma forma poderosa de eliminar o stress da sua vida. Aprenda a reconhecer e a agradecer a vida que tem e as pessoas que estão do seu lado – são tudo dádivas (principalmente quando comparadas com as vidas de tantas outras pessoas). Uma atitude positiva na vida é a melhor solução para substituir o stress por alegria.
20 - Ambiente zen. Trabalhar e viver em ambientes simples, organizados, limpos e tranquilos, ao invés de cenários caóticos e repletos de distrações desagradáveis, é mais uma fórmula eficaz para uma existência livre de stress.
São muitas dicas, tente utilizar algumas para você e tire o máximo de proveito disso!

Fonte: estadozen.com

terça-feira, 14 de junho de 2011

Aprenda a ter um infarto

Recebi por email. Achei muito bom. Acho que to no caminho.

ISSO MAIS PARECE SER AMIGO DA ONÇA, MAS É A MAIS PURA VERDADE!
INFELIZMENTE...

MAS SERÁ QUE VC QUER TER UM?

DOZE CONSELHOS

PARA TER UM INFARTO FELIZ !!!

Dr. Ernesto Artur - Cardiologista

Quando publiquei estes conselhos 'amigos-da-onça' em meu site, recebi uma
enxurrada de e-mails, até mesmo do exterior, dizendo que isto lhes serviu de
alerta, pois muitos estavam adotando esse tipo de vida inconscientemente.

1. Cuide de seu trabalho antes de tudo. As necessidades pessoais e
familiares são secundárias.

2 Trabalhe aos sábados o dia inteiro e, se puder também aos domingos.

3. Se não puder permanecer no escritório à noite, leve trabalho para casa e
trabalhe até tarde.

4. Ao invés de dizer não, diga sempre sim a tudo que lhe solicitarem.

5. Procure fazer parte de todas as comissões, comitês, diretorias, conselhos
e aceite todos os convites para conferências, seminários, encontros,
reuniões, simpósios etc.

6. Não se dê ao luxo de um café da manhã ou uma refeição tranqüila. Pelo
contrário, não perca tempo e aproveite o horário das refeições para fechar
negócios ou fazer reuniões importantes..

7. Não perca tempo fazendo ginástica, nadando, pescando, jogando bola ou
tênis. Afinal, tempo é dinheiro.

8. Nunca tire férias, você não precisa disso. Lembre-se que você é de ferro.
(e ferro , enferruja!!. .rs)

9. Centralize todo o trabalho em você, controle e examine tudo para ver se
nada está errado.. Delegar é pura bobagem; é tudo com você mesmo.

10. Se sentir que está perdendo o ritmo, o fôlego e pintar aquela dor de
estômago, tome logo estimulantes, energéticos e anti-ácidos. Eles vão te
deixar tinindo.

11. Se tiver dificuldades em dormir não perca tempo: tome calmantes e
sedativos de todos os tipos. Agem rápido e são baratos.

12. E por último, o mais importante: não se permita ter momentos de oração,
meditação, audição de uma boa música e reflexão sobre sua vida. Isto é para
crédulos e tolos sensíveis.

Repita para si: Eu não perco tempo com bobagens.
Duvido que voce não tenha um belo infarto se seguir os conselhos acima!!!

Conjuntivite

Meu olho esquerdo dói muito e o direito começa a coçar.
Muito difícil não coçar. Ja dei tantas vezes essas orientações mas realmente é muito difícil seguir.

Esmalte do dia


O craquele não durou muito. Esmalte do dia: desfecho - colorama + astral - risque

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Conjuntivite

Hoje no trabalho pela manhã meu olho começou a coçar e arder. Achei que algo podia ter irritado sei la, lavei com soro e esperei. Caraca ao longo do dia ele coçava mais, arranhava e doia.
Conclusão: conjuntivite.
Aproveito a deixa para dizer:
- não cocem os olhos
- lavem bem as mãos
- não utilizem colírios sem a indicação de um oftalmologista
- não freqüente lugares públicos
- não utilize limão, xixi, azeite, água boricada, nem nada que não seja perscrito por um médico!!
Ah!! E isso dói!!

domingo, 12 de junho de 2011

Fazendo peeling de acido retinoico e deixando o feijão de molho #diadosnamoradosprodutivo

Novidades recentes

Nem contei que voltei ao RJ né?? Pois é, voltei em fevereiro. Estou trabalhando em um PSF e dando plantão. Em breve estarei com consultório também.
Estou amando estar de volta a cidade e bem perto da minha família. Agora os vejo todos os fins de semana.
So falta me cuidar mais ;)
Comprei um sapato lindo essa semana, vou tentar me desfazer de dois para esse chegar.
Também trocamos a tv. A nossa deu problema e graças a deus tínhamos a garantia estendida, não tinha conserto e nos foi dado uma tv nova. Tínhamos uma philips de LCD, pegamos agora uma sony de LED =). Alias fiquei impressionada com a Ricardo Eletro. A garantia estendida pegou a tv em casa e não teve nenhuma burocracia para conceder o credito nem fazer a troca na loja. Me surpreendi!
Volto em breve
Bye

Unha da semana


Iridium - Coleção Quantum - Big Universo + ônix- coleção craquelado - 5cinco esmaltes + cobertura brilhante secagem rápida - 5cinco esmaltes